Saúde inicia campanha de vacinação contra gripe em Mirabela

Saúde inicia campanha de vacinação contra gripe em Mirabela

A Secretaria de Saúde de Mirabela inicia, nesta terça-feira (13), a Campanha de Vacinação Contra a Influenza, nas unidades básicas do Município. Esta é a 23ª edição da iniciativa do Ministério da Saúde, executada pelos Municípios.

Conforme explicou a Enfermeira e Coordenadora da Atenção Primária Saúde, Maria Eduarda Dias Ruas, o cidadão não precisa ir a UBS, ele tem que aguardar o contato do agente de saúde para fazer agendamento, para evitar aglomeração e possíveis contágios por Covid-19.

“Mas é importante que a população fique atenta para a data da vacina contra a Covid para não chocar com a da Influenza. A campanha de vacinação contra a influenza será realizada ao mesmo com a contra a Covid-19. A prioridade será para a administração da vacina COVID-19. A aplicação da dose da Influenza, por exemplo, deve respeitar o intervalo mínimo de 14 dias entre as vacinas”, falou a Coordenadora.

A Secretária de Saúde, Luciene Matos, garantiu que “nas UBS os profissionais adotarão todas as medidas de prevenção à transmissão da covid-19”, informou.

Grupos
A Vacinação de 2021 está invertida, descreveu Maria Eduarda, seguindo os grupos prioritários a seguir: Crianças (6 meses a menores de 6 anos), trabalhadores da saúde, gestantes, puérperas, professores do ensino básico e superior, povos indígenas, idosos com 60 anos ou mais de idade, forças de segurança e salvamento, forças armadas, pessoas portadoras de doenças crônicas e outras condições clínicas especiais, pessoas com deficiência permanente, caminhoneiros, trabalhadores de transporte coletivo rodoviário de passageiros urbanos e de longo curso, trabalhadores portuários, funcionários do sistema de privação de liberdade, população privada de liberdade e adolescentes em medidas socioeducativas.

Datas para imunização
A vacinação será realizada em três etapas. A 1° inicia e vai até 10/05, tendo como grupos prioritários definidos: Trabalhadores da saúde, gestantes, puérpera, Crianças (6 meses a menor de 6 anos) e povos indígenas.

A segunda etapa, de 11/05 a 08/06, para idosos acima de 60 anos e professores.

A terceira etapa, de 09/06 a 09/07, para os públicos restantes.

A influenza
De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), os casos de influenza podem variar de quadros leves a graves e podem levar ao óbito. A doença é uma infecção respiratória aguda, causada por diferentes vírus, dentre eles o A e B. O vírus A está associado a epidemias e pandemias, tem comportamento sazonal e apresenta aumento no número de casos entre as estações climáticas mais frias. Habitualmente em cada ano circula mais de um tipo de influenza concomitantemente (exemplo: influenza A (H1N1)pdm09, influenza A (H3N2) e influenza B). Dependendo da virulência dos vírus circulantes, o número de hospitalizações e mortes aumenta substancialmente, não apenas por infecção primária, mas também pelas infecções secundárias por bactérias.

Skip to content