Garis de Mirabela pedem ajuda a população para o descarte correto do lixo

Garis de Mirabela pedem ajuda a população para o descarte correto do lixo

 

Os garis de Mirabela alertam a população para a separação correta do lixo doméstico e das empresas. Para eles, separar e acondicionar o lixo corretamente são atos que fazem toda a diferença.

Por dia, são coletadas até 11 toneladas de resíduos no Município nas rotas já pré-definidas por cinco agentes de limpeza urbana. Everton Gonçalves dos Santos é gari efetivo do Município há cinco anos. Segundo ele, o trabalho deles pode ser facilitado se o descarte seja feito corretamente.

“Encontramos de tudo todos os dias. Às vezes dá uma tristeza em ver a falta de cuidado das pessoas com o descarte do lixo, seja ele doméstico e das empresas. Temos um grande problema que são os tambores. Na época da chuva, os tambores ficam no tempo e enchem de água, quando vamos coletar escorre aquela água com mau cheiro nos coletores. Pegamos de tudo, seringas de insulina, vidros, fezes de cachorro soltas nos baldes, giletes, etc! As fezes de cachorros, em algumas casas, não embalam corretamente. nas fotos que fizemos tem uma grande quantidade de espetos de churrascos. Triste! Sabemos do nosso papel, mas a população poderia pensar na gente também e organizar o lixo. Em alguns restaurantes, o volume é muito grande e temos pegar um peso gigante e sem nenhuma embalagem adequada”, disse Everton.

Segurança no trabalho
Glória Gusmão é a responsável pelo setor de Segurança do Trabalho do Município. Para ela, uma das grandes reclamações dos trabalhadores envolvidos nessa atividade é o uso de tambores no descarte o que dificulta a coleta, pois são mais pesados e muita das vezes lixo solto expõe os servidores a poeiras ou substâncias diversas.

Acidente de trabalho é uma realidade, apesar do último ocorrido nessa atividade tenha sido em maio do ano passado, onde mesmo utilizando luvas de segurança o trabalhador teve corte profundo na mão com contato caco de vidro que estava exposto. Sem falar que agora com o aumento da Covid- 19 todos os dias esses trabalhadores estão em contato com o lixo desses infectados.

“Ao separar, embalar e identificar corretamente o lixo perfurocortantes, como caco de vidro latas, lixo contaminado como em caso de suspeito ou confirmado de Covid- 19. O risco do trabalhador se acidentar ou contaminar diminui bastante. Ao realizar a coleta o trabalhador fica exposto a diversas situações de risco que pode ser amenizada se a população fizer um descarte consciente. Como embalar em sacos, bem amarrados e identificados o lixo onde tem morador suspeito ou confirmado Covid. Materiais perfurocortantes não devem ser embalados em sacos plásticos em sim em material mais reforçado como papelão ou em garrafas sempre com identificação para que o coletor saiba com que tipo de risco está lhe dando para tomas as devidas precauções”, orientou Glória.

Medida educativa
Segundo o Secretário de Meio Ambiente, Alex Sandro Alves, a partir do dia 20 deste mês ele fará uma ação educativa, especialmente nos comércios do Município para orientar sobre o descarte correto.

“A separação correta dos resíduos faz toda a diferença na preservação do meio ambiente. Por isso, vamos buscar criar uma conduta educativa para vários setores: doméstico, construção civil e comércio, por exemplo,”, finalizou Alex.

Pode ser uma imagem de ao ar livrePode ser uma imagem de ao ar livre

A Prefeitura Municipal de Mirabela-MG, por meio da COMISSÃO DE SELEÇÃO
designada pela Portaria nº 82/2021, no uso de sua competência e em
atendimento às disposições contidas na Lei Federal 13.019 de 31 de Julho
de 2014, na Lei Orgânica do Município de Mirabela-MG, bem como na Lei
Municipal nº 1.220 de 21 de Março de 2017, COMUNICA o 1º TERMO ADITIVO
AO CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 002/2020 ACORDO DE COOPERAÇÃO Nº 001/2020.

Mirabela-MG, 19 de julho de 2021.

Yuri Guimarães Rodrigues
Presidente da Comissão de Seleção

Skip to content